Acontecimentos Polícia Política  


Lotes planos no Bairro Rocinha em Humildes. Parcelamento em até 60x.
Lotes a partir de 15 mil

Casa de Carne do Gaúcho é sua melhor opção, agora ampliada e com novos equipamentos


Casas em Conceição do Jacuípe no Centro da Cidade
Contato (75) 98185 - 0095 Zé Paulo


-
Conheça as poromoções do Pedronça

Dicas

Utilidade Pública


 

 


JBS suspende produção de carne em 33 das 36 unidades; Bahia não é afetada

A JBS suspendeu a produção de carne bovina em 33 das 36 unidades do país a partir desta quinta-feira (23) até sábado (25). Segundo divulgou a empresa através de nota, o objetivo é ajustar o ritmo de produção até que haja decisão sobre as restrições impostas por vários países importadores.

A suspensão da produção afeta unidades da JBS em vários estados. As únicas que continuarão funcionando são a da Bahia, uma de Mato Grosso do Sul e outra em Mato Grosso.

Hong Kong, China, o Egito, o Chile, além da União Europeia, anunciaram nesta semana medidas para proibir temporariamente as importações do Brasil ou de empresas específicas acusadas pela Polícia Federal de subornar funcionários sanitários por certificados de saúde. Os EUA e outros países disseram que iriam aumentar as inspeções.

Tanto a JBS quanto a BRF têm negado a venda de carne ruim ou de subornar funcionários.

Confira abaixo a nota da JBS na íntegra:

“A JBS confirma que suspendeu, por três dias, a produção de carne bovina em 33 unidades das 36 que a empresa mantém no país. Para próxima semana, a Companhia irá operar em todas as suas unidades com uma redução de 35% da sua capacidade produtiva. Essas medidas visam ajustar a produção até que se tenha uma definição referente aos embargos impostos pelos países importadores da carne brasileira. A JBS ressalta que está empenhada na manutenção do emprego dos seus 125 mil colaboradores em todo o Brasil”.


ADAB garante qualidade da carne comercializada na Bahia

Mesmo não tendo sido apontadas quaisquer irregularidades em estabelecimentos voltados à comercialização de produtos de origem animal no Estado da Bahia, em operação realizada pela polícia federal na última sexta-feira (17/03), a Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia – ADAB, vinculada à Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (SEAGRI), agência responsável pela fiscalização e inspeção de produtos de origem animal e seus derivados no âmbito estadual, vem a público reafirmar a qualidade da carne comercializada em nosso Estado, garantindo aos consumidores baianos a total confiança nos produtos colocados à sua disposição para consumo.

Ressaltamos que o Serviço de Inspeção Estadual (SIE), referência nacional, servindo inclusive de modelo para outros estados, atende integralmente aos padrões de exigência mais rigorosos para a oferta de alimentos seguros, o que confere total credibilidade às atividades de inspeção desenvolvidas pela ADAB. Atualmente, o parque industrial registrado no SIE é composto por 238 indústrias, sendo 38 matadouros frigoríficos (bovinos, suínos, caprinos, ovinos e aves), 141 laticínios, 23 de produtos cárneos, 11 de pescado, 13 de ovos e 12 de mel. O serviço realiza o acompanhamento destas indústrias desde a etapa de avaliação do local de implantação, análise do projeto, aprovação final, até o registro com a liberação para o seu funcionamento.

Após o registro, o corpo técnico composto por fiscais estaduais agropecuários atua junto aos estabelecimentos fiscalizados, se responsabilizando pela inspeção realizada antes e depois do abate dos animais, bem como o recebimento, manipulação, fracionamento, transformação, conservação, embalagem e armazenamento dos produtos.

O parque industrial da Bahia apresentou uma evolução significativa no número de plantas frigoríficas de abate de bovinos e outras espécies registradas no Serviço de Inspeção Estadual – SIE, um crescimento de 93%, passando de 14 para 27 matadouros frigoríficos no período de 2007 a 2017. Com relação ao abate de aves, neste mesmo período, também observa-se uma evolução considerável, de 3 para 11 matadouros avícolas, um aumento de 267%. Em 2016 foram fiscalizadas aproximadamente 320.979 mil toneladas de produtos pelo Serviço de Inspeção do Estado, com a verificação dos requisitos higiênico-sanitários e as boas práticas de fabricação, fundamentando as ações preventivas e corretivas a serem realizadas pelas empresas sob supervisão da ADAB.


MP de Contas promete rigidez ao fiscalizar municípios em gastos com festas juninas

O Ministério Público de Contas prometeu mais rigidez na fiscalização dos municípios que declaram situação de emergência, mas investem em festas juninas.

De acordo com Camila Vásquez, as circunstâncias não mudam. “As questões são as mesmas. A declaração de emergência pressupõe situação de escassez, muitas vezes de adoção de medidas que requerem emprego de recursos financeiros que não condizem com a realização de eventos”, justificou, lembrando que muitos desses gastos são feitos de forma “dispendiosa”.

A declaração da promotora aconteceu nesta segunda-feira (13/03), durante ato de recondução ao cargo do presidente do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA), Francisco Netto.



Bahia aperfeiçoa a Rota Turística do Cacau

Entre 10 de março e 2 de abril, a vila portuguesa de Óbidos volta a transformar-se na capital do chocolate. Este ano, a inspiração é a música, que proporciona uma "melodia de sabores", de acordo com os organizadores do evento.

O secretário do Turismo do Estado, José Alves, em viagem para a Feira Internacional de Turismo de Lisboa, visitou Óbidos para conhecer um dos mais movimentados festivais de chocolate do mundo. “Estamos estudando as melhores experiências neste setor para fortalecer a Rota do Cacau, na região de Ilhéus”, explicou.

Durante a rápida permanência em Óbidos, José Alves constatou o quanto o chocolate de Ilhéus é prestigiado na Europa. “A Bahia tem tudo para incrementar o roteiro turístico do cacau”, comemorou. “Vamos aprimorá-lo ainda mais e ampliar sua visibilidade, fortalecendo a cadeia do turismo no Sul da Bahia”.



Coronel coloca em votação projeto que permite deputados onerarem o Estado

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Angelo Coronel (PSD), afirmou que colocará para votação já nesta quarta-feira (22/03) a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que permite à Casa aprovar projetos que onerem o Poder Executivo. Atualmente, propostas com este teor são consideradas inconstitucionais.

Em entrevista ao Bahia Notícias, o social-democrata disse que é uma “prerrogativa do Parlamento ter essa PEC aprovada”. O texto enfrenta resistência por parte do governador Rui Costa e também do líder do governo na Casa, Zé Neto (PT), que classificou o projeto como “invasão de competência” (relembre). “Nós vamos nos adequar ao que já é permitido na grande maioria das assembleias. Ninguém vai deixar governos de saias justas”, defendeu Coronel, ao concordar também com a afirmação do presidente da Comissão de Constituição e Justiça, Joseildo Ramos (PT), de que a Constituição da Bahia é uma das mais limitantes do país. Coronel também garantiu não ter tido nenhuma conversa com Rui Costa sobre a PEC. “Não vejo por que celeuma em relação a essa PEC”, minimizou. O texto é de autoria do deputado Luciano Ribeiro (DEM).



Vereadores denunciam que prefeitura de Conceição do Jacuípe beneficia só amigos

Estrada de São Bento em Amélia Rodrigues receberá requalificação asfáltica

Funcionaria tenta impedir fiscalização de vereadores em Conceição do Jacuípe

Amelienses estão proibidos de fazer manifestação na BR-324, alerta vereador Tatainha

Após reunião na Câmara, Embasa faz reparos em Amélia Rodrigues

Prefeito Paim de Coração de Maria se reúne com gerente da Embasa no Distrito do Retiro

Prefeitura de Amélia Rodrigues realiza palestra sobre educação no trânsito

Mulher é suspeita de matar homem em Conceição do Jacuípe

Corpo de homem atado é encontrado em Conceição do Jacuípe

Coisas da política. Necessidades primarias

Durante reforma, estudantes da Escola Isidório de Amélia Rodrigues, terão aulas em novo local

Viaturas de Conceição do Jacuípe, Irará e Terra Nova são entregues pelo Governador

©2009 Jacuípe Notícias, todos os direitos reservados

Jacuípe Noticias