Vereadores denunciam prefeita de Conceição do Jacuípe por descaso e perseguição

Na noite desta quarta-feira, 08 de novembro de 2017, tendo vereadores os vereadores feito reuniões na Assembleia Legislativa da Bahia, com deputados, e preposto da SEI e do IBGE, no intuito de reverter a perda de território do município, eles retornaram com serias acusações contra a prefeita.

 

Uma das serias conclusões que os vereadores chegaram após as reuniões, foi que a prefeita de Conceição do Jacuípe abandonou, não dando atenção a perda de território, sendo que inclusive chegou a chamar os cidadão do Oitizeiro de “povinho”, aparentando assim, que além de não se importar com a perda do Oitizeiro para Amélia Rodrigues, ainda tem desprezo pelos tais, usando-os apenas para fins eleitoreiros.

 

Em negociações na Assembleia Legislativa, os vereadores conseguiram paralisar os tramites atuais, abrindo a possibilidade de reversão do quadro, deputados deram apoio aos vereadores, sendo previstas novas reuniões e negociações envolvendo as outras cidades, Amélia Rodrigues e Santo Amaro. E, como existem boa vontade dos outros prefeitos, ficou mais fácil uma finalização amigável.

 

 

A vereadora Flávia criticou o comentário da prefeita de Conceição do Jacuípe diminuindo os moradores do Oitizeiro.
Também o Vereador Moises que foi as reuniões na ALBA, comparou a situação de Salvador com Lauro de Freitas com a de Conceição do Jacuípe, existindo nestas cidades demandas por território.

 

Outro fator que revoltou os vereadores foi uma punição imposta a uma funcionaria da saúde, por falta em um dia de ponto facultativo. A funcionaria tem mais de 30 anos de serviços prestados, sem nenhuma falha, sendo esta uma punição sem fundamento, pois, segundo os vereadores, outros funcionários faltaram e não foram punidos.

- Comente esta notícia dê sua opinião!
 Nome   
 Assunto do contato   
 E-mail   
 Mensagem   
 Endreço   

 

http://www.linkws.com

 
Comentários:

Gostaria de saber porque alguns bares não tem lei pra som alto, principalmente carro? Poderia ter uma fiscalização. Tem um bar que as pessoas não tem sossego e sabe quem. Por favor polícia Militar nos ajudem. Socorroooooo
conjacuipense

Por favor alguem pode me dizer que providencia se pode tomar com um cidadão que nos finais de semana não deixa mais as pessoas terem sossego porque ele é o dono da rua não respeita ninguem com o som alto,ouvir uma televisão dificil, ficar doente , não pod

Gostaria de saber quando os senhores irão nos ajudar no combate a poluição sonora. Pois tem certos cidadãos que se acham dono. Em Feira de Santana ja estão tomando providencias e porque aqui não se tem?

DAR NOJO DESSA COJIA
indignada

Isso é uma vergonha o povo de berimba levando multa em sinaleira e o pior se vc par qual vai ser a segurança
RC


©2009 Jacuípe Notícias, todos os direitos reservados

Jacuípe Noticias