Jacuipense vence e conquista o acesso inédito para a Série C

O JacuipeNoticias esteve presente em Riachão do Jacuípe e presenciou a vitoria do Jacuipense, neste domingo, 21 de julho de 2019.

Foto Casaes.

Foi no sufoco, placar mínimo, mas a Jacuipense conseguiu vencer o Floresta no Valfredão lotado e conquistou o acesso inédito para a Série C. Com um jogo bastante truncado e de muito estudo das duas equipes, o Leão do Sisal conseguiu explorar melhor os erros do adversário e fez valer o fator casa para ficar com a classificação.

Em um gramado bastante comprometido, ambas as equipes tiveram um primeiro tempo com poucas chances, situação que mudou na segunda etapa, quando os times se lançaram mais ao ataque, e aos 29 minutos, Eudair aproveitou a chance sozinho pela direita e marcou o gol da partida para a Jacupa. O Floresta ainda teve Alisson expulso nos minutos finais da partida, e encerrou a primeira participação na Série D com todos os méritos.

Primeiro tempo

Com um gramado ruim, Floresta e Jacuipense não criaram grandes chances de finalizações, e o jogo ficou concentrado no meio-campo. Tentando jogadas em velocidade pelas laterais, os dois times tentaram lançamentos longos, mas não levaram tanto perigo aos goleiros Carlão e Jordan. Marcelo Nicácio, atacante experiente da equipe baiana, sentiu muitas dores na panturrilha e precisou ser substituído. Popó entrou no lugar. Mesmo com o estádio lotado e apoiando o time da casa, o Leão do Sisal não conseguiu maiores chances. No fim do primeiro tempo, o Floresta esboçou finalizações com Eugênio e Matheus Bahia, mas sem grandes ameaças a Jordan.

SEGUNDO TEMPO

Diferentemente do primeiro tempo, Floresta e Jacuipense chegaram para a segunda etapa tentando evitar ao máximo a disputa de pênaltis. Com Popó e Eudair, a Jacupa ameaçava o goleiro Carlão, enquanto que o Floresta incomodava Jordan com a velocidade de Eugênio e Matheus Bahia. Vice-artilheiro da competição, Paulo Vyctor pouco apareceu na partida. Aos 29 minutos, a zaga do Verdão se desorganizou, e Popó achou Eudair na direita sozinho e mandou para o fundo das redes de Carlão. A torcida, presente em bom número no Valfredão, viu o sonho do acesso cada vez mais perto. Após o gol, o Leão do Sisal tentou administrar a partida, enquanto que o Floresta apostava na velocidade dos atacantes para empatar o jogo. Mesmo com as alterações do técnico Raimundinho, o Verdão não conseguiu superar a bem postada zaga do adversário, e viu o sonho do acesso inédito ser adiado. Festa da Jacuipense, que espantou o frustração de 2014 e vai disputar pela primeira vez na história a Série C no ano que vem.

XÔ, FANTASMA!

Em 2014, quando fazia a estreia em Campeonatos Brasileiros, a Jacuipense chegou a mesma fase de quartas de final, enfrentando o Confiança, mas acabou eliminada pelo time sergipano e viu o sonho do acesso ser adiado. Cinco anos depois, a equipe baiana pode, enfim, comemorar a subida para a Série C do Brasileirão após excelente campanha na primeira fase.

COMO FICA?
Apesar do acesso à Terceirona, a disputa da Série D ainda não acabou. A Jacuipense espera o término do confronto entre Brusque e Juazeirense para a definição do adversário nas semifinais da competição. Os jogos serão realizados nos próximos dois fins de semana. Para o Floresta, é o adeus ao sonho do acesso à Série C, que foca agora na disputa da Copa Fares Lopes, torneio classificatório para a Copa do Brasil.