Lideranças de Conceição do Jacuípe na inauguração da Av. 29 de Março

Neste sábado, 07 de abril de 2019, foi inaugurado em Salvador a Avenida 29 de Março, contando com a presença de lideranças de Conceição do Jacuípe.

Venceslau conversando com o Governador e lideranças

Esta Avenida é importantíssima para o desenvolvimento de Salvador, e Venceslau, como liderança de Conceição do Jacuípe, também atua na Bahia toda, como Conselheiro do Concidades. (Conselho das cidades da Bahia). Também esteve presente, de Conceição do Jacuípe, João Portugal, que igualmente a Venceslau, participou das solenidades.

As demais lideranças de Salvador que atuaram juntamente e merecem destaques notabilizam Edimario Proença, Ana Paula, Kilson Mello, Nelsa Borges e muitas outras lideranças e entidades.

Na oportunidade, Venceslau, que também é radialista, vez entrevistas com as demais autoridades, a exemplo, Lidice da Mata.

O novo trecho da Avenida 29 de Março, em Salvador, foi entregue na manhã deste sábado (6) pelo governador Rui Costa. A via garante ligação direta entre a Orla Atlântica, a partir da Avenida Orlando Gomes, à BR-324, na altura do bairro de Águas Claras. O trecho inaugurado tem mais de três quilômetros e liga a Estrada Velha do Aeroporto à Via Regional. A via estará liberada para tráfego na manhã desta segunda-feira (8). 

De acordo com o governador, a 29 de Março faz parte do planejamento de mobilidade executado pelo Governo do Estado, que inclui o metrô, o Veículo Leve de Transporte (VLT) e os corredores transversais. “Essas avenidas e corredores vão modernizar a cidade e encurtar caminhos. Salvador não tinha esse tipo de via de ligação, o que provocava um fluxo negativo no trânsito, com muitos engarrafamentos. Considerando o metrô, o VLT e essas avenidas estruturantes, são R$ 10 bilhões de investimento. A capital baiana nunca registrou, em toda a sua história, um total de investimentos dessa magnitude. Após a conclusão de todas as outras etapas desse grande planejamento, Salvador será a capital com a melhor mobilidade urbana do país”, ressaltou Rui. 

O desenvolvimento da região, a partir da nova via, também foi destacado por Rui Costa. “A Avenida é um novo vetor de desenvolvimento para a cidade. Podemos perceber, assim como aconteceu na Orlando Gomes, o surgimento de novos colégios, supermercados e lojas no entorno. Com esses novos empreendimentos comerciais e residenciais no local, vamos ativando a economia e gerando mais emprego”, afirmou o governador, que também visitou a Feira Cidadã que está sendo realizada no local, pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) em parceria com as Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), com oferta de serviços gratuitos para a população.

Obras

Os recursos para a obra da 29 de Março foram aplicados em serviços de terraplanagem, pavimentação, drenagem, paisagismo, ciclovia, passeios, além de acesso aos bairros do entorno da via e iluminação em LED. A obra de macrodrenagem com retificação do Rio Jaguaribe, que fica no canteiro central, e separa as duas pistas da avenida, também foi realizada. 

Com a entrega, o trecho de 13 quilômetros entre a BR-324 e Piatã poderá ser feito em 15 minutos. A avenida conta com faixa exclusiva de tráfego para implantação futura do BRT. Duas praças com equipamento de ginástica, parque infantil e quatro campos de futebol também foram implantados ao longo da 29 de Março.  
O presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), Sérgio Silva, destacou que a implantação da Avenida cria uma nova entrada para Salvador. “O trecho entregue hoje é a conclusão da Avenida 29 de Março que liga a Paralela à Via Regional. Essa obra de mobilidade tem uma influência direta nos bairros do entorno, como Cajazeiras, Boca da Mata, Nova Brasília e Fazenda Grande. Mas a gente tem que entender que essa obra, por ser uma nova alternativa de transporte, vai atrair os usuários de outras avenidas, como a São Rafael e Trobogy, por exemplo. Além disso, muita gente que utilizava a Avenida Luís Eduardo Magalhães passará a utilizar este novo acesso. Teremos, com isso, uma nova entrada para a capital”, explicou Sérgio.

Corredores Transversais

A obra da 29 de Março faz parte das intervenções do corredor transversal da Linha Vermelha, cuja última etapa tem previsão de conclusão para daqui a dez meses. O corredor terá um total de 20 quilômetros e, quando estiver finalizado, ligará a Orla Atlântica a Paripe, no Subúrbio Ferroviário. O investimento total da Linha Vermelha soma cerca de R$ 581 milhões.

O outro sistema viário do pacote de mobilidade é a Linha Azul, que prevê um investimento total de R$ 647 milhões para fazer a integração do bairro de Patamares e o Lobato. As obras incluem a duplicação da Avenida Gal Costa e a implantação da ligação Pirajá x Lobato, constituindo uma nova via transversal à Avenida Paralela, interligando as orlas dos bairros de Patamares — na altura da Avenida Pinto de Aguiar, já duplicada — e do Lobato, com uma extensão de aproximadamente 12 quilômetros.

Repórter: Jairo Gonçalves